Xuxa, tiros, correria, granadas de mão e Paquita chorando. Como foi a tentativa de sequestro da Rainha dos baixinhos em 1991

O dia em que Xuxa e sua paquita Pituxa Pastel foram alvo de uma tentativa frustrada de sequestro

Nos anos 90, o “Xou da Xuxa” era um dos maiores sucessos da televisão brasileira. A Rainha dos Baixinhos e suas Paquitas eram admiradas por uma legião de fãs e despertavam a atenção de adultos e crianças.

O programa era gravado no Teatro Fênix, localizado na rua Lineu de Paula Machado, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Todos os detalhes da vida profissional de Xuxa eram controlados por sua então empresária Marlene Mattos. E foi assim também no dia em que a apresentadora e a sua paquita Letícia Spiller, conhecida como Pituxa Pastel, foram alvos de uma suposta tentativa fracassada de sequestro.

Em uma tarde de quarta-feira, no dia 7 de agosto de 1991, os PMs José Nascimento e Durval de Melo patrulhavam a rua do Teatro Fênix quando notaram um veículo estacionado de forma irregular. Eles se aproximaram do Chevette e foram recebidos a tiros. Nascimento morreu no local e Melo ficou gravemente ferido.

Após os disparos, os ocupantes do Chevette saíram com o carro em alta velocidade e foram perseguidos por seguranças privados que tinham testemunhado tudo. Uma longa troca de tiros marcou a perseguição, até que o veículo perseguido bateu de frente em um Uno. O motorista do Chevette foi morto com um tiro na cabeça, o rapaz que o acompanhava foi levado para o hospital com um tiro no pescoço.

No trajeto até o hospital, o criminoso disse ao PM que o acompanhava que era apaixonado por Letícia Spiller e que estavam ali para levá-la junto com a Xuxa.

Assim, os policiais descobriram que a ação tinha impedido uma tentativa de sequestro da Rainha do Baixinhos e de sua famosa Paquita.

Ao revistarem o Chevette, os policiais ficaram surpresos com o que encontraram nele, o veículo trazia oito granadas de mão, duas bombas e tinha sido adaptado com duas escopetas na parte da frente e quatro escopetas na parte de trás, todas disparadas por um mecanismo instalado no painel.

Os suspeitos eram Alberto Loricchio, de 18 anos, e seu irmão Douglas Loricchio, de 21 anos. Os jovens eram técnicos em eletrônica, filhos de uma dentista e de um industrial. Eles viviam em São Paulo, mas tinham ido ao Rio de Janeiro em busca de emprego. Estavam hospedados em um hotel bem próximo de onde morava Letícia Spiller.

De acordo com matéria publicada no Jornal do Brasil, os dois irmãos planejavam há pelo menos cinco meses a ação e Alberto teria afirmado a um policial que iria resgatar as duas porque elas eram exploradas sexualmente.

A família Loricchio recebeu com muita surpresa a notícia do envolvimento deles em toda essa ação e contestou a versão da polícia. Alberto acabou morrendo no hospital, mas, segundo seu irmão mais velho, ele teria ficado muito surpreso ao ouvir de familiares que estava sendo acusado de um sequestro. Como os dois suspeitos morreram, o caso acabou sendo arquivado.

Xuxa só soube do possível sequestro horas depois do ocorrido. Ela estava gravando seu programa e só foi informada por sua empresária no final do dia. A apresentadora não quis comentar o caso, mas, de acordo com Marlene Mattos, ela andava muito preocupada com a onda de sequestros que se espalhava pelo Rio. Ela já tinha dobrado a sua equipe de segurança e, depois do ocorrido, resolveu ficar mais tempo na Argentina, onde gravava a versão em espanhol de seu programa.

Letícia Spiller afirmou que tomaria mais cuidado depois desse episódio e que nunca conversara com os suspeitos.

Com o caso arquivado, não houve maiores investigações para apurar o que realmente ocorreu naquela tarde do dia 7 de agosto, mas a notícia de um suposto sequestro da Rainha dos Baixinhos e de uma de suas mais famosas paquitas fez com que a notícia ocupasse as páginas dos jornais e que a questão da violência no estado do Rio de Janeiro voltasse com força aos noticiários.

Referências:

https://blogs.oglobo.globo.com/blog-do-acervo/post/tiros-perseguicao-e-morte-tentativa-de-sequestrar-xuxa-e-leticia-spiller-no-rio.html

https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/em-1991-tentativa-de-sequestro-de-xuxa-e-leticia-spiller-teve-tiroteio-e-mortes-39823

https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/8905/8905_4.PDF

http://memoria.bn.br/pdf/030015/per030015_1991_00123.pdf

Please follow and like us: