Kiki Camarena: a morte do Agente da DEA que alterou a dinâmica narcotráfico Mexicano

A morte de Camarena, torturado por narcotraficantes, desencadeou uma das maiores operações de vingança e caça aos traficantes já vista em toda a história da Guerra às drogas.

Enrique Camarena Salazar nasceu no México em 1947, mas logo cedo foi morar nos Estados Unidos, sendo radicado no país Yankee. Na juventude, serviu a marinha norte-americana até entrar para a força policial do estado da Califórnia. Com uma carreira brilhante, em 1973, foi contratado pela Drug Enforcement Administration, a famosa DEA, devido à sua competência e facilidade de infiltração por causa da descendência latina.

File:Enrique-camarena1.jpg - Wikimedia Commons
Foto 3×4 de Kiki Camarena


Durante os anos 80, sob a égide do governo de Ronald Reagan, os Estados Unidos passam a encampar como política de Estado a famosa Guerra às drogas. No período, parte da logística do tráfico internacional de entorpecentes foi transferida da Colômbia para o México, em função de sua posição geográfica com os EUA, maior consumidor de cocaína do mundo.


No período, três grandes chefões dominavam cerca de 70% do tráfico de drogas no México. Comandando o famoso Cartel de Guadalajara, Ernesto Fonseca Carrillo, Miguel Ángel Félix Gallardo e Rafael Caro Quintero formavam um trio assombroso de narcotraficantes. O Cartel mantinha contatos e influências na Polícia Federal Mexicana, órgãos de segurança e investigação de entorpecentes criados pela CIA e até sobre a Presidência da República.
A poderosa organização tinha olhos em todos os lugares. Em meados dos anos 80, a DEA passa a infiltrar agentes nos cartéis mexicanos. Esses policiais receberam o nome de “Narcos”. Kiki Camarena foi um dos responsáveis por investigar o Cartel de Guadalajara.

Cómo se forma el Cártel de Guadalajara? - mexico
Rafael Caro Quintero, Miguel Ángel Félix Gallardo e Ernesto Fonseca Carrillo – Chefões do Cartel de Guadalajara


Ao se infiltrar em setores do Cartel, Kiki descobriu que Rafael Quintero investiu esforços e muito dinheiro na maior plantação de maconha da história. Cerca de 1.000 hectares na cidade de Allende, no Estado de Chihuahua, em uma fazenda conhecida como “Rancho Búfalo”. Ao denunciar o crime aos chefes da DEA, os Estados Unidos fizeram grande pressão para a destruição do empreendimento. Então, o exército mexicano destruiu a plantação, causando um prejuízo de cerca de 8 bilhões de dólares ao Cartel.
Como os narcotraficantes tinham contatos e informantes em todas as instâncias da segurança pública mexicana, Kiki logo foi visto como principal suspeito de ter feito a denúncia.

Quid - Plagio de 'Kiki' Camarena cumple 35 años
Kiki Camarena disfarçado no meio da plantação de maconha no Rancho Bufalo


Após uma reunião entre os três chefões, Kiki Camarena foi jurado de morte e sequestrado durante seu horário de almoço, no dia 7 de fevereiro de 1985.
Levado para uma casa, ele foi torturado durante 30 horas e depois assassinado. Seu corpo foi encontrado em uma região rural, enrolado em um plástico. Camarena teve os dentes, pernas e costelas quebradas e, por fim, foi morto após o crânio ter sido perfurado por uma furadeira.
A morte de Camarena que, a princípio, parecia para os narcotraficantes apenas mais um assassinato, gerou uma comoção geral entre muitos mexicanos e nos Estados Unidos.

Enrique Camarena – DEA
Camarena é capa da TIME


A comoção gerou um plano de vingança elaborado pela DEA. Os agentes mais preparados e mais sanguinários foram recrutados para descobrir quem havia mandado matar o agente e, por consequência, responderem pelos crimes cometidos.
O encarregado da operação foi Hector Berrellez, um experiente policial que há anos trabalhava infiltrado em quadrilhas mexicanas.

Héctor Berrellez, the former DEA agent who seeks to clarify the murder of  Kiki Camarena – Newsy Today
Policial Hector atualmente


O que se segue após a nomeação de Hector é um banho de sangue que culminou com a morte de muita gente e a prisão dos três líderes do Cartel de Gaudalajara. Essas prisões descentralizaram o poder do tráfico entre vários narcotraficantes e propiciaram a ascensão de Joaquin Guzman, conhecido como El Chapo, homem que, posteriormente , se tornará o traficante mais perigoso e procurado do mundo.

El Chapo tem mais aviõesque a maior companhia aérea do México - Época  Negócios | Mundo
El Chapo


A morte de Kiki Camarena marcou uma das maiores intervenções do serviço policial dos Estados Unidos fora de seu país.
Até hoje, muitos agentes do serviço norte-americano não sofrem atentados por conta da consequência assombrosa que o assassinato de Kiki trouxe aos narcotraficantes do México.

How downfall of Narcos drug lord Felix Gallardo sparked Mexico's deadly  cartel war – and paved path for protege El Chapo
Felix Gallardo preso

Referências

https://www.usatoday.com/in-depth/news/politics/2020/02/27/enrique-camarena-dea-agent-murder-narcos-mexico/2566023001/

https://narcos.fandom.com/wiki/Enrique_Camarena_Salazar

https://www.latimes.com/archives/la-xpm-1992-12-10-me-2364-story.html

https://www.dailymail.co.uk/news/article-8582119/New-docuseries-claims-DEA-agents-death-partially-conducted-CIA-agent.html

The Last Narc – 2020 – Amazon Prime – TV minissérie

Please follow and like us: