PUBLICIDADE

O homem que assaltou um banco para pagar a cirurgia de readequação sexual de sua esposa

John Wojtowicz nasceu em 1945, em Nova York. Após concluir o Ensino Médio, foi para o exército e, segundo ele, teve sua primeira experiência homossexual no quartel, um pouco antes de ir para a Guerra do Vietnã.

Ao retornar da guerra, passou a trabalhar no Chase Manhattan Bank e ali conheceu Carmen Bifulco, com quem se casou algum tempo depois. Essa união, entretanto, durou pouco. Dois anos após o casamento, eles se separaram e John assumiu a sua orientação sexual, entrando para a Aliança Ativista Gay e mantendo relacionamentos com diversos homens.

John Wojtowicz e sua primeira esposa, Carmen Bifulco

Em 1971, Wojtowicz começou a namorar Elizabeth Eden, uma mulher transexual. Em dezembro daquele ano, se casaram em uma cerimônia simbólica, mas Elizabeth não era plenamente feliz, pois sonhava em passar por uma cirurgia de readequação sexual. Em princípio, John não aprovava a ideia, porém, depois que a esposa tentou o suicídio, percebeu que a cirurgia seria determinante para que ela se curasse da depressão que a tomava. Assim, ele decidiu assaltar um banco para conseguir o dinheiro necessário para pagar o procedimento com o qual Eden sonhava.

John Wojtowicz chamou Bobby Westenberg e Salvatore Naturale para ajudá-lo no assalto e, sem a menor experiência nesse tipo de ação, no dia 2 de agosto de 1972, saiu pelas ruas de Nova York procurando um banco onde pudesse colocar o seu plano em prática.

O trio de assaltantes de primeira viagem fez três tentativas. Na primeira, a espingarda que carregavam caiu no chão e disparou acidentalmente, mas eles conseguiram sair do local. Na segunda, John encontrou uma conhecida de sua mãe e acabou desistindo do assalto.

Jornal da época

Depois disso, eles foram assistir ao filme “O Poderoso Chefão” e se inspiraram no que viram na tela do cinema para colocarem em prática a terceira tentativa. Desse modo, se dirigiram até o banco Chase Bank em Gravesend, no Brooklyn, deram ao caixa um bilhete no qual diziam “Esta é uma oferta que você não pode recusar” e, finalmente, anunciaram o assalto.

Os assaltantes renderam oito pessoas e conseguiram roubar cerca de 175 milhões de dólares em cheques de viagem e 38 milhões em dinheiro. Durante mais de 14 horas, John e seus companheiros permaneceram com os reféns dentro do banco, em uma ação que mobilizou agentes do FBI, atiradores de elite, uma grande cobertura jornalística e a presença de muitos curiosos.

Atuando como líder da operação, Wojtowicz chegou a pedir pizzas para alimentar os reféns e a jogar dinheiro para as pessoas que observavam do lado de fora, o que fez com que conquistasse a simpatia dos expectadores e dos reféns.

John no dia do assalto

Depois de muita negociação, o FBI conseguiu fazer com que os assaltantes aceitassem ser levados ao Aeroporto Internacional Kennedy. No entanto, quando chegaram ao local, eles foram surpreendidos por vários agentes, houve troca de tiros e Salvatore Naturale acabou morrendo. Bobby Westenberg havia fugido no início da operação e John acabou preso, sendo condenado a 20 anos de prisão, dos quais cumpriu cinco e foi libertado em 1978.

Sua história foi retratada no filme “Um dia de cão” (1975), de Sidney Lumet e no documentário “The dog” (2014), de Frank Keraudren e Allison Berg.

Elizabeth Eden conseguiu fazer a cirurgia com a qual sonhava alguns anos depois do assalto ao banco. John pagou o procedimento com o dinheiro que ganhou da venda dos direitos de sua história para Hollywood, mas Elizabeth acabou deixando o companheiro e os dois chegaram a protagonizar algumas brigas em público por causa disso. Eden morreu em 1987, em decorrência do vírus HIV. John Wojtowicz terminou sua vida trabalhando como assistente social até 2006, quando morreu vítima de um câncer.

John e sua mãe

Referências:

https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/john-wojtowicz-o-homem-que-assaltou-um-banco-para-pagar-cirurgia-de-mudanca-de-sexo-da-esposa.phtml

https://oglobo.globo.com/cultura/documentario-the-dog-conta-historia-de-john-wojtowicz-que-inspirou-um-dia-de-cao-11609975

https://www.bbc.com/news/magazine-31457718

Please follow and like us:


PUBLICIDADE