PUBLICIDADE

O Massacre de 750 mil animais de estimação na Inglaterra, em 1939

Esse é um episódio pouco conhecido da Segunda Guerra Mundial

Mulher entrega o gato para ser sacrificado

Dias antes do início da Guerra, o governo Inglês, preocupado com o racionamento de comida que poderia surgir ao longo do conflito, lançou um panfleto alertando os donos de animais de estimação dizendo que se a guerra fosse declarada, seria muito difícil manter um bichinho em casa, pois a comida seria racionada e, certamente, não teria espaço para eles nos abrigos antibombas. Em uma paranoia coletiva, os ingleses iniciaram uma matança generalizada de seus animais domésticos. Em uma semana, aproximadamente 750 mil animais de estimação foram mortos. Na fotografia, podemos observar dois ingleses levando seus cachorrinhos para o sacrifício.

A placa atrás do veterinário diz:
Destruição humanitária de animais indesejados.
Patrocinado por contribuições voluntárias.

Referências:

http://www.dailymail.co.uk/news/article-2460094/Panic-drove-Britain-slaughter-750-000-family-pets-week.html

http://www.bbc.com/news/magazine-24478532

Please follow and like us:


PUBLICIDADE