“Carne nas alturas”: como foi a grande crise de abastecimento , em 1986.

O período é conhecido como um dos piores momentos da economia na história do país.

Em 1986, o presidente José Sarney, na tentativa de conter o avanço da inflação, que herdou do período da Ditadura Militar, lançou um conjunto de medidas econômicas denominadas “Plano Cruzado”, entre as soluções propostas estavam a mudança da moeda brasileira de cruzeiro para cruzado e o congelamento de preços de produtos ao consumidor.

Essa política criou impactos significativos na produção e no consumo de mercadorias, os produtores se recusavam a vender ao preço tabelado pelo governo, o que causou a falta de muitos produtos nos mercados.

Inclusive, o governo lançou a campanha “Sou fiscal do Sarney”, nela, os consumidores vestiam um broche e fiscalizavam os preços das mercadorias nos comércios.

Naquele ano, virou prática rotineira consumidores pagarem um dinheiro extra(ilegalmente) ao comerciante, para garantir a compra dos produtos necessários, essa prática recebeu o nome de Ágio.

Foto Silvio Correa – 1986

Policiais, nomeados agentes da Sunab, verificaram preços dos produtos.
Crianças brincam em prateleiras vazias de um mercado do Carrefour, São Paulo.
Açougueiros fazem manifestação pois não estavam recebendo carne de seus fornecedores.
José Sarney chegou a fazer um decreto dando poderes para a Polícia Federal matar bois no pasto.
Agentes da SUNAB interditam estabelecimento que não estava obedecendo o congelamento de preços.
Um recado aos clientes.
Cliente confere os preços das mercadorias junto ao caixa.
Um marcador de preços.
Os mercados alteravam os preços dos produtos todos os dias. Por isso, um dos principais trabalhos dentro desses estabelecimentos era do marcador de preço.
Agentes da Sunab fiscalizam supermercado em São Paulo.
jornal do Comércio de porto alegre avisa que os supermercados só abririam no período da tarde.
Mulher faz compra em um supermercado com as prateleiras quase vazias.
Senhoras fazem comprar levando o jornal que continha os preços dos produtos.
Please follow and like us: