O julgamento do professor que ousou ensinar Darwin na escola

Evento conhecido como ” O Julgamento do Macaco”, um professor foi acusado de ensinar evolucionismo na escola, EUA, 1925

Em 1925, John Scopes, um professor de escola pública de Ensino Médio, foi acusado de ensinar o evolucionismo usando um capítulo de um livro que foi baseado em ideias inspiradas no livro de Charles Darwin, “A Origem das Espécies”.

O professor foi condenado a pagar uma multa de 100 dólares (muito dinheiro na época) por violação da lei que proibia o ensino da teoria da evolução nas escolas públicas do Tennessee, nos Estados Unidos.

Nos anos que se seguiram ao julgamento, o ensino do evolucionismo ganhou força nos Estados Unidos e depois que o movimento anti-evolucionista desapareceu, a Lei Butler foi revogada, em 1967.

A foto mostra o professor Scope sentado em frente aos seus advogados, ouvindo a sentença do júri, proferida pelo juiz.

Please follow and like us: