Quando Silvio Santos virou atração da Globo: Relembre o dia que Silvio Santos foi feito refém do sequestrador da filha

No dia 30 de agosto de 2001, o apresentador Silvio Santos teve a sua casa invadida e passou quase oito horas como refém de Fernando Dutra Pinto.

Dias antes, o mesmo criminoso tinha liderado a quadrilha que havia sequestrado Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos. Ela foi libertada no dia 28 de agosto, após o pagamento de um resgate.

Na época, Fernando tinha 22 anos e trabalhava como empacotador em um supermercado. De acordo com o que disse em seu depoimento, viu no sequestro a possibilidade de melhorar a sua vida financeira. Ele vendeu um terreno e financiou três pistolas, uma metralhadora e muita munição.

Providenciou documentos falsos e alugou uma casa que serviria de cativeiro para a filha do dono do SBT. Seu irmão, Esdra Dutra Pinto, concordou em participar do plano. A dupla ficou dois meses vigiando a casa de Silvio Santos.

Fernando Dutra Pinto

Na manhã do dia 14 de agosto, vestindo um uniforme de carteiro, Fernando rendeu o vigia e sequestrou Patrícia. Ela foi libertada uma semana depois, após o pagamento de 500 mil de resgate. Fernando conseguiu escapar do cerco policial montado para pegá-lo.

Foragido da polícia, dois dias depois de libertar Patrícia Abravanel, o sequestrador invadiu a casa de Silvio Santos e o manteve como refém.

Era por volta de 9 h da manhã, quando ele cortou o fio que alimentava a segurança elétrica e entrou na propriedade. Dutra Pinto permitiu que as mulheres da casa saíssem e manteve apenas Silvio Santos como refém.

Segundo seu depoimento, sua ação tinha o objetivo de pedir ajuda ao dono do SBT, já que a sua família estava sendo ameaçada depois que ele e o irmão haviam sequestrado Patrícia. Conforme entrevista que ele deu ao jornalista Elias Awad, Silvio Santos o manteve calmo durante todo o período em que esteve com ele, chegando a lhe oferecer um advogado e um emprego depois que cumprisse sua pena.

Silvio Santos e sua filha Patrícia Abravanel

O sequestro de um dos apresentadores mais populares da TV mobilizou toda a imprensa e fez com que as pessoas parassem na frente da televisão para acompanharem o desenrolar dos acontecimentos.

A polícia chegou a cercar a casa e a levar a irmã de Fernando para tentar convencê-lo a se entregar. Muito nervoso e com medo do que poderia lhe acontecer, o rapaz foi tranquilizado por Silvio Santos. Ele chegou a receber atendimento médico, pois tinha se ferido durante a fuga após o encerramento do sequestro de Patrícia Abravanel.

As negociações se encerraram quando o governador Geraldo Alckmin chegou ao local para garantir que Fernando Dutra Pinto seria preso sem sofrer nenhum tipo de violência policial, já que ele era acusado de ter matado dois policiais enquanto fugia depois de libertar a filha do apresentador.

Silvio Santos e Geraldo Alckmin

A ação de Fernando durou quase oito horas, até que, finalmente, ele se entregou e foi preso. Silvio Santos saiu ileso do cárcere e mostrou-se tranquilo, tendo sido capaz de manter a calma e de acalmar o seu algoz.

Fernando Dutra Pinto morreu na prisão em janeiro do ano seguinte. De acordo com o laudo médico, a causa da morte foi uma infecção provocada por ferimentos que ele sofreu durante o período em que esteve preso.

Referências:

http://www.compos.org.br/data/biblioteca_1128.pdf

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz0810200109.htm

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff1110200117.htm

https://emais.estadao.com.br/noticias/tv,sequestros-de-silvio-santos-e-patricia-abravanel-em-2001-serao-retratados-em-filme,70002684683

Please follow and like us: