As torturas da terrível prisão de Abu Ghraib

Em 2005, estourou, nos principais veículos de imprensa do mundo, a notícia de que soldados americanos estavam torturando prisioneiros do Iraque em Abu Ghraib, uma famosa prisão tomada pelos Estados Unidos para servir como cárcere de prisioneiros de guerra.

Em uma das imagens vazadas, que deu início à repercussão, membros do exército colocaram um homem com capuz, chamado Satar Jabar, sobre uma caixa de madeira, deixaram suas duas mãos e o pênis amarrados com arame. Segundo as notícias, ele seria eletrocutado, caso caísse da caixa sobre a qual estava de pé.
Jabar ficou por 4 horas sobre a caixa. No momento em que a foto veio a público, oficiais americanos declararam que torturaram prisioneiros iraquianos sob influência da série “24 Horas”. O seriado, que fez muito sucesso na época, mostra um agente de uma unidade contra terrorismo americana, chamado Jack Bauer, que tortura suspeitos de terrorismo de forma sistemática.

Preso obrigado a ficar nessa posição por horas

Outras fotografias e vídeos também foram vazadas. Os Estados Unidos foram duramente criticados pela conduta e as cenas de tortura em todo o mundo.

Soldados ameaçam prisioneiro com cães

Referências:

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-44205563

https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2009/01/491785-torturas-em-abu-ghraib-envolveram-eletrocucao-e-ataques-de-cachorro-leia-trecho-de-livro.shtml

https://oglobo.globo.com/mundo/pentagono-libera-fotos-de-abusos-presos-afegaos-iraquianos-18622737

Please follow and like us: